A cidade de Pisa é uma das “jóias da coroa” da Itália, e tem muito mais a oferecer que apenas sua famosa torre inclinada. Embora não seja tão procurada quanto Florença, Pisa tem um centro histórico belíssimo, com vários de edíficios com fachadas de mármore que reluzem à luz do sol, e criam uma paisagem de tirar o fôlego. Bem conectada com o resto da Itália e da Europa, tanto por trem, quanto através do seu aeroporto, que recebe vôos de várias companhias low cost, a cidade é facilmente acessível, principalmente se você estiver planejando uma viagem até Florença ou Roma. Conseguimos conferir os principais pontos turísticos de Pisa em menos de um dia, e damos todas as dicas aqui.

Como chegar a Pisa

Trem

Pisa tem duas estações de trem principais, a Stazione Centrale, que fica no centro, e uma outra localizada no aeroporto. O preço da passagem de trem do aeroporto de Pisa até Florença varia de acordo com a demanda, mas a média é de EUR 8,00 por trecho, já até Roma, EUR 31,00. Você pode comprar passagens antecipadamente, estando ainda no Brasil, através da Rail Europe, a representante oficial das ferrovias europeias no país, clicando aqui.

Ônibus

Outro roteiro bastante popular é a visita de um dia a Pisa, com saída de Florença, de ônibus. Como as duas cidades ficam bastante próximas, é muito fácil visitar Pisa em um bate-volta. Os ônibus partem de Florença praticamente todas as horas, da principal estação de trem da cidade, a Santa Maria Novella, indo até o aeroporto de Pisa. Do aeroporto até o centro histórico são apenas 15 minutos de ônibus, e você pode comprar a passagem no próprio terminal por EUR 1,50. Há também a possibilidade de comprar o passeio completo, com entrada para os monumentos e guia, através da nossa parceria com a Viator, uma das maiores operadoras de turismo do mundo. Clique aqui para conferir a página.

Os pontos turísticos de Pisa

Os principais pontos turísticos de Pisa estão concentrados em um só lugar: a Piazza dei Miracoli, ou “Praça dos Milagres”, que fica nos limites da cidade.

Ao chegar à Piazza dei Miracoli, você provavelmente irá se deparar com o imenso portão da antiga muralha medieval, que é impressionante. Ao atravessar o portão, surge uma paisagem ainda mais impressionante: o contraste entre o verde da grama do campo e o branco do mármore da reluzente Catedral de Pisa, e sua famosa Torre Inclinada.

Leia também:  Como visitar a Torre Eiffel: dicas e ingressos

 

 

O acesso a todas as atrações da piazza é pago. A Catedral abre uma exceção, de novembro a fevereiro, quando oferece entrada grátis. Nos outros meses do ano, a entrada custa EUR 2,00. Existem vários tipos de ingressos que dão acesso de um até cinco monumentos, com os seguintes preços:

1 monumento – EUR 2,00
2 monumentos – EUR 5,00
4 monumentos – EUR 8,00
5 monumentos (incluindo museus) – EUR 10,00

A famosa torre de Pisa não entra na lista do pacote acima, e tem um preço bem mais salgado do que as outras atrações (EUR 15,00).

Os ingressos ficam à venda em dois pontos diferentes. Você pode comprar ingressos para todos os monumentos (exceto para a torre) no museu localizado perto da entrada da praça, do lado direito, oposto aos monumentos. Já os ingressos para a torre, podem ser comprados num escritório que fica próximo do monumento.

Como dispunhamos de pouco tempo em Pisa, resolvemos visitar apenas a Catedral, o Battistero e o Camposanto, deixando a torre e os museus de lado, já que a fila para comprar ingressos era imensa (leia mais sobre a subida a seguir).

Battistero

O Battistero é o belíssimo prédio em formato oval que domina a paisagem. Era lá que aconteciam os batizados da elite de Pisa, e o prédio realmente reflete a importância do lugar para o povo da cidade. Com estátuas impressionantes, cuidadosamente posicionadas no exterior do prédio, o Battistero chama atenção pela sua riqueza de detalhes.

O interior do Battistero é um pouco menos elaborado que o exterior, mas, lá dentro, acontece uma apresentação super interessante, a “Demonstração do Eco”. A cada meia hora, uma cantora demonstra o poderoso eco produzido pela acústica do prédio. O espetáculo é realmente impressionante, e os sons produzidos pelo eco soam como o acompanhamento de um coral, duplicando ou triplicando a voz da cantora.

O melhor lugar de onde se apreciar a Demonstração do Eco, é na galeria superior, acessível através de uma escadaria que passa entre as paredes interior e exterior do prédio. Lá de cima, se tem uma boa visão do térreo, bem como da Catedral e da praça lá fora, através das janelas.

Leia também:  Aluguel de carros na Europa - Dicas, custos e orçamento online

Para não perder o espetáculo, lembre-se de perguntar na chegada qual o horário da próxima demonstração, e programe sua visita para a hora do show.

 

 

Camposanto

O Camposanto é um cemitério monumental que tem este nome porque, segundo reza a lenda, foi construído em volta de solo trazido de navio da Terra Santa, durante a Quarta Cruzada. Apesar de ter sido danificado durante bombardeios da Segunda Guerra Mundial, após diversas restaurações, o monumento conseguiu reter a sua beleza clássica, e tem uma coleção impressionante de belas estátuas de mármore e afrescos, além de sua arquitetura, que é de tirar o fôlego.

Lá, você verá também esculturas e sarcófagos etruscos e romanos, além de tumbas sobre as quais pode-se caminhar. A beleza do lugar é tanta, que você vai se encontrar olhando para cima todo o tempo. Mas, mesmo assim, não deixe de prestar atenção nas tumbas do chão, que têm esculturas elaboradas, com os nomes de cidadãos célebres de Pisa.

O cemitério tem um jardim que separa as duas galerias, de paredes imensas, e é cortado por uma passarela que liga oferece um ótimo panorama da capela e de sua imponente cúpula.

Como é o caso com vários cemitérios monumentais da Europa, Camposanto é se trata de uma verdadeira obra de arte, um passeio em Pisa que você não pode perder!

 

Agora é possível comprar ingressos para diversos passeios em Pisa, incluindo visitas guiadas com saída de Florença, através da nossa parceria com a Viator, uma das maiores operadoras de turismo do mundo. Clique aqui para visitar o site.

Catedral de Pisa

A beleza da Catedral de Santa Maria Assunta é estonteante. A intenção por trás da construção da catedral, era refletir as glórias das conquistas marítimas de Pisa. A catedral tem diversos elementos de diferentes culturas e estilos, com peças que vão de colunas de templos romanos a arcos bizantinos. Não deixe de reparar no Grifo de Pisa, que é uma cópia de uma escultura de bronze trazida de uma batalha vitoriosa de Pisa, exibida com orgulho no topo da Catedral (a original se encontra no museu próximo).

Leia também:  Pontos Turísticos de Toledo - o que ver na bela cidade medieval

O interior da Catedral é igualmente divino. O teto atual, que substitui o que existia antes do incêndio que afetou a igreja em 1595, é decorado em ouro, e tem o brasão da família Medici, visto em diversos prédios importantes da região da Toscana. Acredita-se que Galileo formulou a sua teoria do pêndulo lá mesmo, na catedral de Pisa, ao reparar no movimento do incensário que fica no altar da catedral, que é ponto alto da visita, decorado com lindos afrescos e um elaborada imagem de Jesus.

Você pode pegar um guia impresso oferecido gratuitamente, que tem um mapa da catedral com a descrição dos seus principais pontos de interesse.

 

 

Visitando a Torre de Pisa

A Torre de Pisa dispensa apresentações. Por ser um dos monumentos mais famosos da Itália, é uma das primeiras imagens que vem à cabeça quando se pensa neste belo país. Vê-la ao vivo realmente causa uma sensação engraçada, uma espécie de déja vu, como se você já tivesse estado lá. A imagem da torre inclinada certamente é uma das mais belas e mais reconhecidas da Europa, principalmente em conjunto com o resto da Piazza dei Miracoli.

A construção levou nada menos que 177 anos, e, devido a erros no projeto, e ao solo pouco estável da região, próxima do mar, o peso da estrutura fez com que a torre começasse a inclinar e assumir a tão famosa posição que tem hoje.

A torre tem 56 metros de altura no lado mais alto, e 294 degraus que levam ao topo. Devido à sua fama, sempre há filas longas para subir, e, além disso, o acesso é limitado, já que apenas grupos de 30 pessoas podem subir de cada vez, durante visitas guiadas de apenas meia hora.

Se você realmente tiver vontade (e fôlego) para subir a torre, pode valer a pena reservar ingresso online com antecedência. Isto pode ser feito através da nossa parceria com a Viator, que oferece passeios guiados completos para Pisa com saída de Roma ou Florença. Clique nos nomes das cidades para conferir as ofertas.