Encrustada em um vale no coração da Áustria, a cidade de Salzburg mais parece ter saído de um conto de fadas. Cercada pelos alpes e banhada pelo belo rio Salzach, a terra natal de Mozart é encantadora. São grandes palácios, praças e belos parques, que compõem uma paisagem digna de filme (tanto que a cidade foi cenário para o mundialmente famoso “A Noviça Rebelde”).  Exploramos seus principais pontos turísticos e damos todas as dicas de Salzburg aqui.

Onde ficar em Salzburg

Salzburg é uma cidade compacta. A não ser que você decida se hospedar perto do aeroporto (que fica a 30 minutos de carro ou ônibus do centro), provavelmente ficará em um hotel nos arredores do centro antigo, onde está a maioria das propriedades. Se você está procurando um lugar bem localizado e barato onde ficar em Salzburg, pode ser uma boa ideia se hospedar próximo da estação de trem da cidade (ótimo para quem vai chegar ou partir de trem) , que fica a apenas 10 minutos de caminhada do centro histórico, e tem preços mais baixos e hotéis de alta qualidade, como o Ramada Salzburg, onde nos hospedamos (clique aqui para conferir a página). Este hotel é moderno, tem um ótima café da manhã e sua localização é ótima!

Como explicado acima, a grande maioria dos hotéis está no centro histórico da cidade, o que facilita a locomoção para os pontos turísticos, o que pode ser bastante prático se você tem pouco tempo na cidade. Uma ótima opção onde se hospedar em Salzburg que fica bem no centro é o hotel Wolf Dietrich, que pode conferir clicando aqui.

Como chegar a Salzburg

Para quem está viajando de trem, o acesso é bastante fácil partindo de Viena ou Munique. A Rail Europe vende passagens do trem entre todas as principais cidades da Europa por preços baixos, com bilhetes eletrônicos ou envio direto para a sua casa. Clique aqui para buscar passagens de trem diretamente no site da empresa ou utilize o buscador do lado direito da tela.

Se você pretende viajar de carro (o que pode ser uma ótima opção em um país como a Áustria), confira as ofertas da RentalCars, que trabalha com as melhores locadoras da Europa e trabalha em parceria conosco. Clique aqui para pesquisar preços.

Há voos diretos saíndo das principais capitais europeias para Salzburgo, entre elas, Paris e Londres. Você pode pesquisar clicando aqui. Ao chegar de avião na cidade, você pode pegar o ônibus número 2, que parte da parada do lado de fora do terminal, e custa 2,50 euros. Se prefere viajar mais confortavelmente, pode pegar um taxi até o centro, a um custo de em torno de 25 euros, ou até mesmo reservar um transfer compartilhado por 6 euros, clicando aqui.

Confira os pontos turísticos de Salzburg  e o que ver em Salzburg:

Jardins de Mirabell

Os Jardins de Mirabell são um verdadeiro  oásis de cores no centro de Salzburgo. Durante a primavera e o verão, a composição de formatos geométricos feita de flores de todos os tipos é mágica, e enchem a vista. Ao redor dos jardins se encontra um parque, que também é bastante interessante, um ótimo lugar onde relaxar ou fazer um piquenique, dependendo da época do ano em que estiver visitando.

Leia também:  Trem de Praga a Berlim – informações completas para a viagem

Se tiver oportunidade, não deixe de explorar a área ao redor do parque, pois há uma a belíssima igreja lá perto, além de pequenas lojas e restaurantes. Saindo dos jardins e seguindo na direção norte, você chegará as margens do rio Salzach, onde poderá caminhar e ter uma ótima vista do centro antigo da cidade, antes de atravessar a ponte Makarststeg, o próximo ponto turístico de Salzburg na nossa lista.


 
 

Ponte dos Cadeados (Makartsteg)

Esta é uma das pontes mais românticas de Salzburgo, e foi tomada pela febre dos cadeados, que aflige a Europa há alguns anos. Trata-se de uma moda que os casais apaixonados inventaram, onde colocam cadeados com as suas iniciais em lugares românticos, para simbolizar a eternidade do seu amor.

A partir desta ponte se tem uma das melhores vistas de Salzburg, com todo o centro antigo, a Fortaleza de Salzburg e o rio Salzach ao fundo. Por ser uma ponte para pedestres apenas, lá você pode parar para fazer fotos tranquilamente, e, com sorte, até ouvir a apresentação de um músico de rua, enquanto absorve toda a beleza do lugar.

Getreidegasse

Esta rua corta o centro histórico de Salzburgo, e tem uma infinita variedade de lojas, bares e restaurantes, além de atrações importantes como o Museu de Mozart.

A arquitetura da rua é encantadora, e, em dias mais movimentados, você perceberá que ela fica lotada de gente. Lá, há várias pequenas galerias, com passagens que levam para pátios escondidos onde há bares e restaurantes. Vale a pena tirar um tempo para explorar.

Seguindo para o lado direito, tendo a Casa de Mozart a sua frente, no final da rua, você chegará a uma belíssima igreja do século XIV, que tem também uma torre interessante que forma uma passagem acima da avenida que corre ao lado do rio. Se tiver tempo, não deixe de passear por lá!

 

Casa de Mozart (Mozarts Geburtshaus)

O filho mais célebre de Salzburg, o compositor Mozart, domina totalmente a cidade. Praticamente todas as lojas de chocolate e souvenires vendem artigos com a imagem do músico.

A cada onde Mozart nasceu, localizada no centro antigo da cidade, foi transformada em um museu que dá uma ao visitante a oportunidade de conhecer mais sobre a infância do compositor e ver seus instrumentos e documentos como partituras. Vale lembrar que vários dos objetos em exibição são cópias dos originais.

A família de Mozart morou no 3o andar do prédio entre os anos de 1747 e 1773. No ano de 1880 ele foi transformado no museu que lá está até hoje.

Se você não é grande fã de música clássica ou do Mozart, pode valer mais a pena investir o dinheiro em um ingresso para outra atração, ou até mesmo no city tour panorâmico que inclui passeio de barco, bastante procurado na cidade! Clique aqui para obter mais informações sobre o passeio. Os ingressos para a Casa de Mozart variam de 10 a 17 euros.

 

Fortaleza Hohensalzburg

No ponto mais alto de Salzburg fica a impressionante fortaleza medieval de Hohensalzburg. Construída em 1077 sob as ordens dos príncipes-arcebispos de Salzburg, a dinastia de religiosos que controlou a cidade por boa parte de sua história.

A imponente fortaleza é visível de praticamente toda a cidade, e, apesar de estar no topo de um morro com vários metros de altura, pode ser facilmente alcançada através de um funicular. Lá em cima, além de uma exibição com vários artefatos que fizeram parte da história do prédio, você poderá aproveitar também panoramas espetaculares de Salzburgo e dos alpes ao redor da cidade. Ao chegar lá em cima, no deixe de sentar no café ao ar livre que fica à direta da saída do funicular. A vista é de tirar o fôlego!

Leia também:  Os melhores pubs históricos de Londres

O ingresso para adultos custa 11 euros e inclui a subida e a descida no funicular. A entrada do transporte que vai até a fortaleza fica perto da catedral da cidade, o próximo ponto turístico de Salzburgo no nossa lista.  Ao descer do funicular na saída da fortaleza, não deixe de explorar a pequena fonte aos pés da montanha, na saída. Lá você encontrará uma pequena gruta do amor eterno. Reza a lenda que os casais que se beijarem lá se amarão para sempre!

Pertinho da saída há também um portão que dá acesso a um cemitério super antigo e lindo, nos fundos da Igreja de São Pedro, o próximo ponto turístico de Salzburg na nossa lista.

 

Abadia de São Pedro (Stift Sankt Peter)

Esta igreja é um mais belos exemplos do estilo rococó que há em Salzburgo, e seus ornamentos são de uma riqueza de detalhes incrível. A abadia foi fundada em 696, com  o objetivo de ajudar na propagação e trabalhos de missionários na área dos Alpes do Leste.  O teto é ricamente decorado, e há algumas varandas que nem parecem ser de verdade, de tão elaboradas que são. Os altares dão um show à parte, e, seja você religioso ou não, não pode deixar de conferir esta maravilha da antiguidade cristã!

 

St Peters Friedhof (Cemetério de São Pedro)

O cemitério de São Pedro é um dos mais belos da Europa, e uma das atrações de Salzburgo mais visitadas. Espremido entre a Abadia de São Pedro e a montanha Festungsberg, o cemitério mais parece um jardim encantado, com suas flores coloridas e tumbas bem decoradas. O cemitério parece ser muito bem cuidado, e é sempre possível ver velas acesas e flores frescas nos túmulos.

St Peters Friedhof pode ser facilmente acessível na descida do funicular que vem da Fortaleza de Salzburg, através de um pequeno portão mal sinalizado, ou também via Abadia de São Pedro.

 

Catedral de Salzburgo (Salzburger Dom)

A Catedral de Salzurg foi construída no século XVII, no estilo barroco, no mesmo lugar onde um dia existiu uma igreja da era romana, erguida por volta do ano de 774.

A catedral (chamada de Dom, em alemão), ocupa um lugar proeminente no centro antigo de Salzburg, e está cercada de diversos outros pontos turísticos importantes, como a Praça de Mozart e o Palácio de Salzburgo.

Como era de se esperar, o interior da catedral é impressionante, e bastante grandioso, com um teto bastante elaborado, diferente da maioria das outras catedrais europeias, pois tem altos relevos de gesso e madeira, no lugar de afrescos.

A entrada na Catedral é grátis, mas, para ter uma visão privilegiada da sua nave, do alto, bem como da praça que fica de frente, é necessário comprar um ingresso para Residenz, o palácio que fica interligado com a catedral, o próximo ponto turístico de Salzburg na nossa lista.

Leia também:  Como ir de Munique a Fussen: visita ao castelo de Neuschwanstein

 

Residenz (Palácio de Salzburg)

O Residenz era a residência oficial dos príncipes arcebispos de Salzburgo, a elite religiosa que governou a cidade por vários séculos. Juntos, a Catedral e o Palácio eram o coração espiritual e político da cidade, e ao passear por ele você terá a oportunidade de ver os grandiosos salões que eram habitados por esta elite. Durante a visita, você verá também a coleção de artefatos religiosos valiosíssimos. Algumas peças chegam a ter mais de 1.500 diamantes, além de outras pedras preciosas!

Um dos pontos altos da passagem por este ponto turístico de Salzburg é a linda vista que se tem da cidade e das montanhas ao redor, a partir do terraço que liga o palácio à catedral. De lá, você pode ver a linda fonte que fica no centro da praça da catedral, bem como outros monumentos famosos. Se você estiver viajando com o seu smartphone ou tablet, não deixe de conectar na rede wi-fi grátis disponível no terraço e postar suas lindas fotos feitas lá nas redes sociais!

O ingresso do palácio custa 12,50 para euros para adultos (idosos com 60 anos ou mais pagam 11,00 euros)

 

Mozartplatz & Praça da Catedral

A Praça de Mozart fica no coração do centro antigo de Salzburg, perto do Novo Palácio (Neue Residenz). Inaugurada no século XVII, a estátua memorial no centro da praça foi dedicada ao mestre durante tempos conturbados na cidade, que estava se recuperando da devastação das Guerras Napoleônicas. Os dois filhos de Mozart estavam presentes na abertura do memorial, e a sua viúva morreu em uma casa localizada naquela praça, apenas 6 meses antes da inaguração.

Perto da Mozartplatz fica também a Praça da Catedral, que tem uma fonte belíssima, e alguns restaurantes e docerias, onde você pode sentar para desfrutar da vista do lugar. Continue lendo para encontrar mais dicas de Salzburg!

 

Onde comer em Salzburg

Existem diversas opções de lugares onde comer em Salzburg, principalmente no centro histórico da cidade. Enquanto lá, aproveitamos para conhecer dois restaurantes muito bem localizados, e de ótima qualidade.

O primeiro deles foi o Zum Eulenspiegel, que fica numa praça super charmosa, de frente para antiga Casa de Mozart. O restaurante em si é pequeno, e bastante antigo, mas no verão há várias mesas do lado de fora. A comida é de boa qualidade, tudo fresquinho, e os pratos são em sua maioria austríacos. Provamos o famoso schnitzel, um pedaço de carne fino (pode ser vitela, porco ou frango) empanado, geralmente servido com batatas, e também o goulash, que é um cozido de carne feito num molho de cerveja preta (servido com bolinhos de batata e/ou sauerkraut).  Uma refeição para dois, com bebidas e uma sobremesa, saiu por 60 euros.

 

O segundo restaurante que conhecemos fica bem ao lado da Catedral de Salzburgo, e, este sim, tem bastante espaço tanto dentro quanto fora.  A decoração é clássica,  e a comida deliciosa, também servindo pratos da culinária austríaca, como goulash e salsichas. Por falar em salsichas, nas proximidades do restaurante há um pequeno mercado vendendo produtos locais, entre eles, as famosas salsichas austríacas.

 

Esperamos que tenha aproveitado a leitura! Para pesquisar a lista completa de passeios e atividades em Salzburg, clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui