Se você alugou um carro ou pretende alugar um durante sua viagem ao Velho Continente neste inverno, aqui vão algumas dicas sobre como se preparar para dirigir no frio e o que fazer caso você seja pego de surpresa.


Há alguns itens que não podem ser esquecidos. Sempre que dirigir durante um inverno rigoroso, antes de dar partida, verifique:

Pneus – Certifique-se de que os pneus estão calibrados e de que são novos, já que pneus carecas irão certamente causar derrapagens nas pistas escorregadias ou até mesmo lhe deixar preso na neve. A maioria das locadoras de carros oferece correntes de neve como acessório opcional por uma taxa extra, como é o caso do nosso parceiro, eAlugueldeCarros (clique aqui para pesquisar preços de aluguel de veículos em toda a Europa).

Água do limpador de pára-brisas – Mantenha o compartimento sempre cheio e use um aditivo (anti-freeze for screen wash, em inglês) para evitar que a água congele.

Bateria – No inverno a energia da bateria é gasta mais rápido do que no clima quente. Procure não deixar o carro parado por muito tempo, e lembre-se de fazer pelo menos uma jornada longa toda semana, para recarregar a bateria.

Leia também:  Belezas da Croácia: Descubra a pitoresca Zadar

Combustível – Mantenha o tanque sempre cheio. Dessa forma, se algo acontecer, terá combustível suficiente para manter o motor e o aquecimento ligados. É necessário também manter o cano de escapamento sempre livre de neve ou gelo, a fim de evitar que a fumaça invada o veículo.

Pára-brisas – Remova todo o gelo e a neve do pára-brisa antes de dirigir. Não use água quente (prática comum) para remover o gelo, já que isso pode fazer o vidro rachar, e, dependendo da temperatura, a água irá apenas congelar novamente.

Roupas quentes – O carro pode até ser quentinho quando o aquecimento está ligado, mas, se algo acontecer e você tiver que ficar por um tempo prolongado do lado de fora – ou até mesmo dentro do carro sem aquecimento – pode acabar tendo problemas. Por isso, leve sempre consigo casacos ou outras roupas quentes.

 

Procure ter sempre comida, e, se possível, um cobertor dentro do carro. Pedaços de tapetes velhos ou até mesmo os tapetes do carro podem ser usados para ajudar os pneus a se livrarem da neve caso você “encalhe”.

Leia também:  O West End de Londres: Musicais, peças e muito mais

 

Dirigindo no gelo e na neve

 

Se você tiver que dirigir na neve ou em pistas cobertas de gelo, lembre-se:

– Dê partida gentilmente, evitando acelerar rapidamente. Se você derrapar, tire os pés dos pedais e se concentre somente no volante. Ao derrapar, use o freio o mínimo possível, se não conseguir controlar o carro somente com a direção, por exemplo.

– Dobre ou triplique a distância do veículo à sua frente e dirija lentamente, como se não tivesse freios para parar quando necessário. Afinal, no gelo é como se você realmente não os tivesse.

– Se o carro tiver freios ABS, em pistas muito escorregadias você não terá o mesmo controle que na pista seca. Portanto, não confie neles!

 

Dicas para dirigir na neve

 

– Procure sempre dirigir pelas avenidas e estradas principais, já que elas sempre terão sido tratadas com sal. Evite pegar atalhos por ruas menores, até mesmo poucos dias depois de a neve ter parado de cair, já que essas ruas dificilmente terão sido tratadas.

– Procure manter os pneus alinhados com os “caminhos” criados pelos outros carros na neve da pista.

Leia também:  Trem Londres Edimburgo: confira as dicas e saiba tudo sobre a viagem

– Em uma descida, procure manter a velocidade bastante baixa já no começo, em vez de tentar reduzir quando já tenha ganhado velocidade.

 

O que fazer caso você fique preso na neve

 

Existem formas de evitar os piores efeitos de passar horas dentro de um carro frio, a quilômetros de qualquer lugar.

– Primeiramente, certifique-se de que tem no carro os itens listados acima, principalmente roupas quentes e um telefone celular (carregado!).

– Os especialistas afirmam que é melhor ficar dentro do carro pelo máximo de tempo possível e não abandoná-lo, já que é fácil se perder e se desorientar na neve. Lembre-se de checar se o cano de escape está entupido de neve ou gelo, pois a fumaça é tóxica e você pode acabar passando mal por causa dos gases.

– Se você encalhar, procure manter o motor e o aquecimento ligados por apenas 15 minutos por hora, o que geralmente é suficiente para manter o carro aquecido pelos 45 minutos restantes, conservando assim a bateria e economizando combustível.

 

Fonte: BBC

 

Man and Van Help

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui