Após décadas de dominação do circuito gay de Londres pelo mundialmente famoso Soho, uma nova área tem se tornado cada vez mais famosa entre a população gay da cidade: Vauxhall. Descubra quais os bares e boates mais badalados deste bairro do sul londrino e porque o futuro gay da capital inglesa está lá.


Devido à falta de novos lugares e à invasão do Soho por turistas e londrinos heteros, a população gay de Londres encontrou refúgio em um novo recanto da cidade, a Vauhxall Gay Village (ou Vila Gay de Vauxhall) como é carinhosamente chamado este bairro que é um pouco afastado do centro mas ao mesmo tempo facilmente alcançável de ônibus, trem (os trens partem da estação de Waterloo a cada 5 minutos) ou metrô (a estação de Vauxhall fica na Victoria Line, a linha azul claro).

Vauxhall fica na zona 1 da cidade, consequentemente muito próximo dos pontos turísticos mais importantes de Londres. Pertinho do rio Tâmisa, esta área oferece uma vasta gama de saunas, bares e boates gays, quase todos localizados (curiosamente) dentro dos arcos que fazem parte da linha de trem elevada que corta o bairro. Acredite ou não, a maioria dos lugares gays da área ficam dentro desta antiga estrutura de tijolo aparente, que tem vários armazéns antigos convertidos em lugares de entretenimento.

Royal Vauxhall Tavern

Royal Vauxhall Tavern
Royal Vauxhall Tavern

A história gay de Vauxhall não é tão recente quanto se pensa. Desde o final da Segunda Guerra Mundial, este pub Vitoriano tem sido o coração pulsante da área. Em qualquer noite do ano você encontrará dezenas de “entendidos” de todas as idades bebendo os drinks baratos do lugar e rindo muito com as performances das drags locais. Nos dias de verão a multidão se transfere para a área exterior do pub, que se transforma numa grande festa. Clique na foto para ver o mapa com a localização da Royal Vauxhall Tavern.

Antes que comecemos a listar os outros principais lugares gays da região, gostaríamos de relembrar que as boates e bares de Vauxhall são conhecidos pelo seu alto consumo de drogas e também pelo “teor sexual” das suas festas. É muito comum para os frequentadores das boates irem direto para as saunas após exagerar na bebida e nas drogas nas noites infinitas do bairro. Por isso mesmo, alguns membros da sociedade gay de Londres preferem frequentar o Soho, que, na opinião de muitos, tem um público mais bem selecionado e é mais bem frequentado (além de mais caro) do que Vauxhall.

Leia também:  Baixe aqui mapas turísticos e de metrô das principais capitais da Europa

Que lugares conhecer em Vauxhall

Hoje em dia, duas das maiores boates gays de Londres ficam em Vauxhall: Fire e Area. Ambas estão localizadas “dentro” da ponte ferréa que corta o bairro, mas em lados opostos da estrutura.

Fire

Fire
Fire

A Fire é enorme e tem três ambientes e um pátio externo, além da mundialmente famosa Lightbox, a caixa de luz, que tem LEDs espalhados pelo teto e pelas parades e que mudam de cor e movimento de acordo com a música. Por falar em música, o sistema de som do lugar é famoso por sua qualidade, assim como a seleção músical da boate, tão boa que atrai não somente gays mas também os simpatizantes, principalmente nas noites mais famosas. As noites da Fire geralmente acontecem de quarta à segunda e a festa que mais bomba é a Orange, que começa no domingo às onze da noite e vai até as nove da manhã da segunda, o que não quer dizer que a boate não lota nas sextas e sábados. A entrada custa 6 libras antes da meia-noite com o flyer ou 12 libras após a meia-noite.

Area

Area
Area

Já o club Area é mais novo que a Fire mas tem expandido a sua influência entre o publico gay e hetero fã da house music. Com 6 ambientes e um sistema de luz de deixar qualquer um de boca aberta, a Area costuma usar efeitos como confetti, jatos e ar frio e bolhas de sabão para animar os clubbers nos momentos em a música atinge o seu ápice. A boate oferece uma área externa para os fumantes e para o pessoal se refrescar do calor (que às vezes é insuportável) lá dentro. Como na Fire, as festas também rolam até de manhã, com a diferença que antes das 11 da noite a entrada é grátis. Às vezes é possível chegar lá às 9 da noite numa sexta e achar que já são 8 da manhã, tamanha a animação das loucas presentes. A principal festa da Area é a Beyond, o after hours que acontece das 6 da manhã do domingo e vai até altas horas da noite. Os preços das bebidas são bem parecidos com os da Fire e uma dose de vodka ou whisky custa em torno de 4 libras.

Leia também:  Dicas gay de Mykonos: descubra as melhores praias, baladas e hotéis gay em Mykonos

 


Chariots

Chariots
Chariots

Pra terminar, vamos falar das saunas de Vauxhall, ou melhor, a sauna de Vauxhall, a Chariots. Considerada uma das saunas mais opulentes da cidade, a Chariots tem inúmeors ambientes, além de 50 quartos privados. A sauna fica aberta todos os dias da semana mas costuma lotar a partir da quinta, principalmente quando as festas nas duas principais boates das redondezas terminam. Os preços lá não são dos mais baixos e a entrada custa em torno de 14 libras (R$37,00).

The Hoist

The Hoist
The Hoist

Existe um outro club nas redondezas (também em um dos antigos armazéns da ponte) o The Hoist. É um tipo de boate para, digamos, um gosto mais apurado, já que o Hoist é frequentado por bears e também amantes de fetiches.

Esperamos que tenham curtido as dicas e que façam uma visita a Vauxhall na sua próxima passagem por Londres. Você com certeza vai ficar de boca aberta com algumas das coisas que verá por lá! 😉

Clique aqui para conferir nossa lista de albergues e hotéis gays em Londres e em toda a Europa.

Quer aprender como viajar de trem entre as principais capitais da Europa? Clique aqui para ler nossos artigos exclusivos e confira as dicas.