Devido à disseminação do coronavírus (Covid-19) em todo o mundo, o governo grego tomou medidas para conter o contágio. 

Apesar do baixo número de casos no país – são 2.235 casos com 118 mortes até a data da publicação deste artigo – a Grécia suspendeu todas as ligações de transporte com países não pertencentes à UE, bem como com Espanha, Itália, Alemanha e Holanda.

O governo grego anunciou ontem, dia 17 de abril de 2020, que as medidas tomadas serão estendidas até a metade de maio de 2020. Os hotéis e resorts sazonais, bem como os hotéis de ano inteiro na Grécia permanecerão temporariamente fechados até meados de 15 de maio de 2020. Um hotel por capital regional permanecerá aberto, além de três hotéis nas duas maiores cidades da Grécia: Atenas e Thessaloniki.

 O governo grego também decidiu implementar a proibição de todos os navios de cruzeiro e veleiros atracarem em seus portos. Além disso, até 15 de maio, é proibida a partida e atracação de iates particulares e profissionais em todos os portos do país.

Além disso, aglomerações foram proibidas. Museus, sítios arqueológicos, cinemas e shopping centers estão fechados até segunda ordem. Cafés, restaurantes, tabernas, bares, fecharam, a não ser os que oferecem entrega em domicílio. Cassinos e clubes de jogos, com exceção dos vendedores ambulantes, permanecerão fechados em todo o país.

Manteremos esta página atualizada com informações relevantes sobre o turismo na Grécia e a reabertura das praias e atrações. Aproveite para ler nossos artigos sobre o que ver e onde ficar em Mykonos, Santorini e outras ilhas gregas. Temos também dicas de como viajar de ferry por todo o país. 

Leia também:  Dicas de onde ficar em Mykonos e Santorini - Melhores áreas, praias e acomodações