Nápoles é tudo o que você imagina e muito mais! Apesar de levar fama de ser uma cidade um tanto confusa (o que é verdade até certo ponto), esta bela cidade italiana irá aguçar todos os seus sentidos. As belas paisagens compostas pelo mar, e pelo seu famoso vulcão, o cheiro da pizza napolitana no ar, tudo só adiciona ao charme deste lugar único! Passamos três dias explorando a capital da região da Campania, e damos as dicas dos melhores passeios em Nápoles e pontos turísticos de Nápoles aqui. Confira!

Piazza Cardinale

A Piazza Carinale é uma verdadeira jóia escondida de Nápoles! Pertinho da lindíssima catedral (o próximo ponto turístico de Nápoles na nossa lista), esta pequena praça conta com um obelisco monumental no centro, em estilo rococo, adornado com uma estátua do Cardinal Sisto Sforza. A família Sforza era da alta nobreza italiana, mais conhecida por comandar o ducado de Milão (por isto lá se encontra o Castelo Sforzesco).

Se você estiver explorando o bairro San Lorenzo a pé, que é onde se encontra a Catedral, não deixe de passar pela pequena praça e apreciar a sua arquitetura única. Ela é rodeada de prédios residenciais, e, em dias de sol, você poderá ver os locais estendendo as suas roupas nos varais, sempre na parte da frente das suas varandas!

Catedral de Nápoles

A catedral de Nápoles é estupenda! A grandiosa fachada branca deixa aqueles que a avistam de boca aberta, com todos os seus detalhes. Como não poderia deixar de ser, a catedral tem um magnífico portão de ferro maciço, de mais de 10 metros de altura.

O Batistério de San Giovanni in Fonte é simplesmente espetacular, e apesar de a entrada ser cobrada (são dois euros), você não irá se arrepender se decidir visitar e se maravilhar com os estupendos mosaicos  do século IV! Este é considerado o batistério mais antigo de todo o ocidente, e os afrescos são de uma clareza de detalhes que até arrepia! A banheira em pedra maciça foi construída num lugar que possibilitava que os batizados abrissem os seus olhos e vissem aquele novo mundo místico.

O domo da catedral é espetacular, assim como o grande altar e a Capela Real do Tesouro de São Januário (Reale cappella del Tesoro di San Gennaro), que foi construída em 1527, quando os napolitanos decidiram honrar o seu padroeiro, após uma erupção do Vesúvio e uma tentativa de invasão pelos franceses.

Os napolitanos são altamente religiosos, e aos finais de semana a catedral fica totalmente lotada durante a missa. É possível até ver devotos se confessando em típicos confessionários, com os padres disponíveis dispostos a aconselhar quem precisar de ajuda e admitir seus pecados!

Leia também:  Como chegar em Pompeia saindo de Nápoles - passo a passo para o bate-volta

Museu Arqueológico Nacional de Nápoles

Este é um dos mais impressionantes museus de toda a Itália. A coleção de artefatos romanos, especialmente vindos de Pompéia e Herculano, te deixará de boca aberta!

O museu conta com imensos jardins romanos e coleções de pinturas eróticas encontradas em Pompéia, que são a atração principal do museu. Algumas imagens podem ser chocantes, especialmente para crianças, pois demonstram cenas de sexo explícito, mas pode ser uma boa oportunidade para introduzi-las à história da arte.

Não deixe de explorar todas as alas do museu, pois elas abrigam algumas das mais impressionantes estátuas romanas, em toda a sua glória.

Dica de Nápoles de ouro: todo primeiro domingo do mês, a entrada nos museus é grátis. Se tiver como, programe a sua viagem para coincidir com este dia, e assim economize vários euros!

Porto de Nápoles

O porto oferece um ótimo passeio em Nápoles, pois de lá você pode avistar diversos pontos turísticos de Nápoles, a exemplo do Palácio Real, o Castelo Sforzsesco e o belíssimo Vesúvio.

Esta parte da cidade tem também um belo parque, com uma área verde enorme, onde dá para relaxar e aproveitar um dia de sol tranquilo, praticamente à beira do mar, além das vistas da promenade, e também panoramas espetáculares do mar Mediterrâneo com o Vesúvio dominando a paisagem ao fundo. Não deixe de dar uma volta por lá e explorar ao seu próprio ritmo.

Basílica Real de São Francesco de Paula (Basílica de Nápoles)

Esta é, sem dúvidas, uma das construções mais impressionantes de toda Nápoles! Logo de frente ao Palácio Real, e com uma arquitetura que é uma mistura da Praça de São Pedro com o Panteão, o famoso prédio romano, a basílica chega a ser até mais impressionante que o Palácio Real. A Piazza del Plebiscito, onde ela se encontra, é enorme, e há um movimento constante de pessoas andando por lá, o clima é ótimo, mas bastante ch. Não deixe de caminhar pelos corredores e de lá aproveitar as vistas da fachada principal do Palácio Real, que fica logo de frente, e é o próximo ponto turístico de Nápoles na nossa lista.

Palácio Real de Nápoles

Residência dos monarcas napolitanos desde 1700, este palácio passou por diversas renovações, mas mantém uma posição privilegiada em Nápoles, praticamente à beira mar, e com vistas da baía de Nápoles e do vulcão Vesúvio. Este palácio não deixa nada a desejar quando comparado a outros palácios das principais capitais europeias.

Leia também:  Os melhores passeios e pontos turísticos de Florença

Entre os principais destaques do palácio estão o Teatro da Corte, construído em 1768, belamente decorado com detalhes dourados e figuras de deuses e deusas romanos, e os aposentos reais, onde se vêem alguns dos mais espetaculares tetos barrocos de toda a Europa.

Complexo Monumental San Lorenzo Maggiore (La Neapolis Soterrata)

Nápoles é repleta de segredos, e um dos mais impressionantes deles é San Lorenzo Maggiore. Trata-se de uma igreja importantíssima, que por algum tempo serviu como o parlamento de Nápoles, por volta do ano 1442! A sala Sisto V, por exemplo, tem mais de 40 metros de comprimento, e um teto repleto de afrescos intactos. Ainda mais espetacular é a Sala Capitolare, uma belíssimo salão decorado em 1608.

Mas o melhor de San Lorenzo Maggiore não é o que se vê logo ao entrar, e sim o que está embaixo dos seus pés. Lá fica La Neapolis Soterrata, um pedaço original da cidade romana de nada menos que dois mil anos. Coberta por uma enchente, este pedaço de Nápoles ficou preservado, e lá dá para ver uma rua romana inteira, uma via comercial com lojas, e até uma lavanderia! O lugar cheira a história, e é impossível não imaginar uma cena da antiguidade, onde os napolitanos romanos circulavam normalmente resolvendo os seus afazeres. Esta atração de Nápoles é imperdível, e você não se arrependerá se resolver pagar os 8 euros para entrar. Lembre-se, San Lorenzo Maggiore não deve ser confundido com um outro ponto turístico de Nápoles muito famoso, os Aquedutos, que ficam bem próximos.

Não deixe de explorar todo o complexo, que compreende uma área enorme, além de um período histórico que vai desde antes de Cristo até a Renascença.

Pertinho de La Neapolis fica uma jóia rara escondida de Nápoles, a igreja de San Pietro a Majella, construída no século XIV. Esta linda edificação foi dedicada ao monge Pietro Angeleri da Morone, que se tornou o papa Celestino V! O teto é simplesmente deslumbrante, e a melhor dica: não paga nada para entrar!

Castel Nuovo

O fantástico Castel Nuovo é uma das edificações mais imponentes de Nápoles. Com uma localização privilegiada, no topo de uma rocha, o castelo medieval é monumental. É impossível não parar e se perguntar como eles conseguiram construir tamanha maravilha em pleno século XIII!

Leia também:  Passeios e Pontos Turísticos de Pisa - Visitando a bela cidade toscana

O Castel Nuovo é de uma riqueza de detalhes impressionante, e, ao visitar este ponto turístico de Nápoles, você se sentirá como se tivesse entrado no túnel do tempo, pois a cidade tem tanta história que dá para percorrer diversas eras da civilização européia em um dia só!

Dica: pertinho do Castel Nuovo, na saída da estação do metrô, se encontrar um típico café napolitano, onde dá para aproveitar uma bebida com vistas privilegiadas do castelo, por preço absurdamente baixos! E o melhor, com qualquer bebida, você ganha uma mini pizza napolitana grátis!

Galleria Principe de Napoli

A pomposa Galleria Principe di Napoli tem uma localização estratégica, entre o Castel Nuovo e a ópera de Nápoles e o Museu Arqueológico Nacional. Se você já esteve na famosa e mega chique Galleria Vittorio Emanuelle de Milão, não deixará de perceber as similaridades entre as duas. Os arcos de ferro com tetos de vidro são praticamente idênticos, mas, infelizmente, por muitos anos a Galleria Principe di Napoli ficou abandonada, e lá não se veem as reluzentes lojas e finos restaurantes de Milão. O processo de renovação da galeria ainda está em andamento, mas mesmo assim vale uma visita, você certamente também irá se impressionar com esta atração de Nápoles!

Museu Capodimonte

Capodimonte é um dos principais museus de Nápoles, dedicado unicamente à arte. O imponente palácio, localizado num dos pontos mais altos da cidade, pode ser visto de vários pontos, e oferece vistas inigualáveis de toda a Baía de Nápoles.

Além de ter uma das maiores coleções de arte sacra da Itália, este ponto turístico de Nápoles também abriga artefatos religiosos, e obras importantíssimas que retratam a história da cidade, como a a famosa pintura de Pierre Jacques Volaire, que mostra a erupção do Vesúvio em 1782.

Por ser um antigo palácio real, o interior do museu é altamente ornamentado e ricamente decorado, e não dá para se arrepender de fazer a longa jornada até lá, nem que seja para apreciar a decoração e a vista.

A forma mais fácil de chegar à esta atração de Nápoles é adquirindo o passeio no ônibus panorâmico. Por ter um terreno e diversas atrações espalhadas pela área do porto e até no alto da cidade, se você tem pouco tempo certamente irá se beneficiar se decidir adquirir o passe. Pesquise preços e disponibilidade clicando aqui.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui