A Espanha teve um dos maiores impérios que o mundo já viu, e isto se reflete na gloriosa arquitetura das suas cidades. Com Valência não poderia ser diferente. Esta importante cidade (a terceira maior do país) tem uma história milenar encantadora e prédios que vão lhe deixar boquiaberto (a). Fizemos um passeio rápido, de um dia, por suas ruas, e damos todas as dicas dos principais pontos turísticos de Valência e o que você não pode deixar de ver. Confira!

Antes de chegar à nossa lista de pontos turísticos de Valência, confira algumas dicas práticas:

 

Como chegar a Valência

A cidade fica ao sul de Barcelona e ao leste de Madrid, e a praticamente a mesma distância das duas cidades, em torno de três horas e meia, tanto de trem quanto de carro. A viagem partindo de Barcelona é mais impressionante, pois tanto a estrada quanto a linha férrea passam pela costa do Mar Mediterrâneo, e durante boa parte do percurso você vê belas praias e o lindo azul do mar. Um visual inesquecível! Clique aqui para pesquisar o preço do aluguel de carros na Espanha, ou, se estiver pensando em viajar de trem, clique aqui para pesquisar passagens no site da nossa parceira, a Rail Europe.

Quantos dias e onde ficar em Valência?

Esta é uma pergunta que muitos viajantes se fazem, e é um tanto difícil de responder (principalmente para nós, que passamos apenas um dia lá). Com base no que vimos, e, não foi tudo, certamente, mais um ou dois dias seriam necessários. Em um dia apenas dá para ver muita coisa, principalmente as atrações do centro antigo, mas não é o suficiente para conhecer tudo a fundo, especialmente os vários museus que a cidade oferece, suas belas praias ou até o modernista Oceanário. Se você se satisfaz em ver apenas os principais pontos, o suficiente para sentir a essência da cidade, aproveitando alguns bons momentos para provar a culinária, um passeio de um dia, o famoso bate-volta, não decepcionará.

Se, por acaso, você ainda não decidiu onde ficar em Valência, não deixe de conferir o Hotel Mediterrâneo, que tem uma localizada fabulosa, e preço mais acessíveis que a média. Clique aqui para conferir a página do hotel.

Leia também:  Trem Amsterdam Berlim - saiba como fazer essa viagem

 

Agora vamos às dicas dos melhores pontos turísticos de Valência:

 

Catedral

A Catedral de Valência tem mais de mil anos de história, e a sua arquitetura mudou bastante ao longo do tempo. No lugar onde ela hoje se encontra havia antes uma mesquita, construída na época da invasão árabe. Diz-se que, após a retomada da cidade, o chão foi benzido e o lugar batizado como um templo cristão.

Há diversas capelas, cada uma dedicada a um santo diferente, além de variados estilos arquitetônicos, que vão do gótico ao neoclássico. O interior é belíssimo, de um esplendor difícil de encontrar. Lá dentro, há trabalhos de arte importantes, como duas pinturas do renomado pintor espanhol Goya, bem como pinturas de autoria de discípulos de Leonardo da Vinci.

A visita à Catedral de Valência é paga, e custa 4,50 euros, o que inclui um guia de áudio, disponível em várias línguas. Infelizmente, português não é uma delas, mas, se você é familiarizado(a) com o espanhol, não terá problema. Não deixe de conferir o museu da catedral, que fica próximo da entrada (juntamente com um guia, lhe será entregue um mapa, que indica todos os principais pontos a serem vistos na catedral). No interior do museu existem alguns verdadeiros tesouros (no sentido real da palavra).

 

 

É possível fazer diversas excursões guiadas e passeios em Valência, alguns deles disponíveis em português. Os passeios são oferecidos em parceria com a Viator, e podem ser reservados com antecedência. Clique aqui para conferir a página.

 

Plaça de L’Ajuntament

Em resumo: uma das praças mais grandiosas da Espanha. O prédio mais imponente da praça é o Ajuntament, a prefeitura, que dá nome ao lugar. Além dele, você verá outros belíssimos exemplos da arquitetura espanhola do século IX, em toda a sua grandiosidade. Se chegar de trem na cidade, este deve ser o primeiro ponto turístico de Valência na sua lista, o que dará uma noção do que está por vir. Se puder, não deixe de sentar em um dos cafés ou restaurantes da praça para absorver toda sua beleza.

Leia também:  Passeios e Pontos Turísticos de Pisa - Visitando a bela cidade toscana

 

 

Carrer del Poeta y Plaza Museo del Patriarca

A Carrer del Poeta é uma rua que fica por trás da Plaça de L’Ajuntament, e que parece ser a “Oscar Freire” ou “Quinta Avenida” de Valência. É lá que ficam todas as lojas de alto luxo, como Rolex, Mont Blanc e Louis Vuitton. Mas, se você não tiver interesse por compras, ignore as lojas e procure a Plaça Museo del Patriarca, onde fica o Museo del Patriarca e também a Universidade de Valência. Mesmo que não vá entrar para conhecer o museu, a praça vale uma visita, pois os prédios que existem nela são estupendos, com belas fontes e estátuas de soberanos espanhóis. Do outro lado da rua, vê-se outro belo (e inusitado) prédio, o que abriga o Museo Nacional da Cerâmica, cuja fachada tem janelas adornadas e é decorada com cerâmicas de vários tipos, causando um efeito fascinante. Pena que não tínhamos tempo suficiente para entrar lá e ver tudo!

 

 

Iglesia de Santa Catalina

O templo mais famoso de Valência, depois da Catedral, é a Iglesia de Santa Catalina, que tem um campanário tão ou mais alto que o da catedral. O melhor é que é possível subir a torre pagando apenas dois euros! A subida não é muito cansativa, e em três minutos você já está no topo. E como vale a pena! De lá se tem uma ótima visão de 360 graus de Valência, e podem-se avistar praticamente todos os principais prédios da cidade. Não deixe de reparar na Plaça Redona, o próximo ponto turístico de Valência na nossa lista, que forma uma espécie de “buraco” redondo no meio da aglomeração de prédios do centro da cidade.

 

 

Plaça Redona

A Plaça Redona é uma mercado ao ar livre, de formato circular, que forma um “buraco” no meio dos prédios do centro da cidade. Lá, você encontrará os mais diversos tipos de estabelecimentos, desde bares e restaurantes a lojas de suvenires, cafés, etc. A praça tem uma fonte no centro e foi recentemente renovada, depois de anos de abandono. Vale a pena uma visita, nem que seja para conferir o seu formato curioso!

Leia também:  Baixe aqui mapas turísticos e de metrô das principais capitais da Europa

 

 

Mercat Central

Talvez você já tenha adivinhado o que é o Mercat Central, vendo o nome deste ponto turístico de Valência em valenciano (a segunda língua falada na região, depois do espanhol), mas, caso não, saiba que se trata do belíssimo mercado central de Valência. E, quando dizemos belíssimo, não estamos exagerando. Tanto interna quanto externamente, o Mercat Central dá um show de arquitetura, e, provavelmente, é um dos mais bonitos e organizados de toda a Europa, e poderia até passar por um centro de convenções, se não fosse pelas lojas espalhadas por lá. Apesar de toda “pompa”, não se engane, o Mercat Central é um mercado como outro qualquer, e você verá os valencianos correndo pra lá e pra cá com suas compras da semana. Existem algumas lojas especiais, vendendo produtos gourmets da região, como vinhos e cavas (a versão espanhola do champanhe), presuntos e queijos. Imperdível!

 

 

La Llotja de Mercaders

Este ponto turístico de Valência é tão importante que foi nomeado Patrimônio Mundial da Humanidade, e é considerado um dos mais belos exemplos da arquitetura medieval gótica da cidade. Era neste prédio que acontecia o importante comércio da cidade, e onde contratos eram fechados e disputas comerciais resolvidas. As influências árabes e mouriscas são evidentes na arquitetura do prédio, que teve sua construção iniciada em 1493.

O complexo tem várias partes, por isso, se deixar encantar apenas pelo salão principal e pelos jardins. Existe até uma espécie de porão, onde produtos eram armazenados, e também a corte de julgamento, que fica na parte superior, acessível através de uma escadaria. De lá, se tem um ótimo panorama dos jardins logo embaixo, que são cheios de laranjeiras.