A charmosa capital da Irlanda é cheia de segredos e surpresas. Como uma espécie de Londres em miniatura, mas com sua própria cultura e estilo, Dublin tem atrações impressionantes, sem falar no clima de festa, que toma conta da cidade todos os dias da semana! Confira as dicas e veja os pontos turísticos de Dublin mais visitados.

Onde ficar em Dublin

A decisão de onde ficar em Dublin dependerá do que procura durante a sua estada. Se voce está planejando aproveitar a infinidade de bares da cidade, além dos principais pontos turísticos, a melhor pedida é Temple Bar. É lá que fica concentrada a vida noturna, mas, prepare-se: a barulheira nas ruas é constante durante a noite! Dependendo do albergue ou hotel onde você ficar, pode acabar sem conseguir dormir! Uma opção barata é o Oliver St John Gogarty (clique aqui para visitar a página do hostel). Se você prefere um pouco mais de conforto e silêncio, confira o Blooms Hotel, clicando aqui.Se você procura um lugar central, mas um pouco mais calmo, St Stephens Green é a melhor opção onde ficar em Dublin. Além de ser uma área muito bonita, e com várias lojas e restaurantes no arredores, a partir de lá, é possível caminhar para diversos dos pontos turísticos de Dublin, e aproveitar o belo parque de St Stephens Green. Confira o Stauntons on the Green Hotel clicando aqui.

Como ir do aeroporto de Dublin ao centro

O aeroporto de Dublin não tem trem ou metro, portanto, as únicas opções disponíveis são taxis e ônibus. A viagem de taxi custa em torno de EUR 30,00, e dura, em média, meia hora. Já a viagem de ônibus, custa EUR 6,00 por pessoa, e leva em torno de 40 minutos.

No caso do ônibus, lembre-se de que há dois tipos: o que faz apenas o percurso do aeroporto de Dublin para o centro (número 747, e que pode ser apanhado logo fora do terminal onde você desembarcar), e os ônibus comuns da cidade, que são mais baratos. Não recomendamos esta opção, já que eles não tem espaço para as malas, além de fazerem mais paradas.

Agora, vamos aos pontos turísticos de Dublin mais visitados:

Guiness Storehouse

A cerveja Guinness é, sem dúvidas, o produto irlandês mais exportado para o resto do mundo. A icônica cerveja não poderia deixar de ter o seu próprio templo, e, na localização da sua antiga fábrica, existe uma super atração dedicada à ela. A Guiness Storehouse tem 7 andares de puro êxtase sensorial. Lá, você pode tocar com suas próprias mãos todos os ingredientes usados na fabricação da cerveja, além de poder sentir o cheiro e gosto deles, também.

Além de exibições dos ingredientes, na Guinness Storehouse você encontra objetos históricos, como o completo acervo de toda a propaganda da marca, espaços musicais, e o ponto alto da visita: Gravity Bar, o bar da cobertura que proporciona uma vista de 360 graus de Dublin. No Gravity Bar, além de aproveitar a vista e um ambiente animado, você poderá também degustar uma pint de Guinness grátis (incluída no preço do ingresso). Pint é o copo grande de pouco mais de meio litro, usado como medida na Irlanda e na Inglaterra. 

É bom lembrar que, se você quiser continuar bebendo por lá após terminar a sua pint grátis, terá que descer até o andar inferior para pegar uma outra bebida, no Grill Bar, já que no Gravity Bar não há venda, são servidas apenas as bebidas incluídas no ingresso.

Pode ser uma boa idéia comprar o seu ingresso com antecedência e retirar nas máquinas disponíveis na entrada, tendo em vista que sempre há filas. Clique aqui para visitar o site da atração.

St Stephen´s Green

St Stephen´s Green é o parque central mais bonito de Dublin. Com lagos cheios de cisnes, belas pontes de pedra e muito verde (durante o ano todo), este parque atrai milhares de dubliners (assim são chamados os residentes da cidade) e turistas. Se você pegar um dia de sol, seja no inverno ou no verão, com certeza não se arrependerá se decidir passar algumas horas lá.

Assim como várias outras partes da cidade, este ponto turístico de Dublin tem uma história conturbada, e foi usado por rebeldes que lutavam contra a ocupação britânica no início do século XX. Os britânicos metralharam vários rebeldes que se instalaram lá, e marcas de balas ainda podem ser vistas na fachada exterior do arco do triunfo que fica na entrada do parque, localizada de frente para o shopping centre.

Esta área também é ótima para compras! Além de ter o lindo St Stephens Shopping Centre, há também uma rua repleta de lojas das principais marcas da Europa. Desde roupas e sapatos a souvenires, você encontra de tudo lá.

Casa de Oscar Wilde

A casa do filho mais célebre da Irlanda, o escritor e poeta Oscar Wilde, fica de frente para o Merino Square, um belo parque no centro de Dublin. Apesar de não ser mais possível visitar a casa (graças a uma escola americana que comprou a propriedade e desativou o museu), você poderá ver a residência onde Oscar cresceu com a sua família, que era bastante afluente e conhecida na Irlanda e na Inglaterra.

No parque do outro lado da rua, se encontra uma estátua do escritor, bastante realista, onde voce pode tirar algumas fotos do lado do Oscar Wilde, não deixe de conferir!

Galeria Nacional da Irlanda e Museu de História Natural

Bem próximo da casa de Oscar Wilde, se encontram dois dos pontos turísticos de Dublin mais visitados, a Galeria Nacional da Irlanda e o Museu de História Nacional. Ambas as atrações ficam em dois lindos prédios neoclássicos, que abrigam obras e ítens importantes da história da Irlanda.

A Galeria Nacional da Irlanda tem uma enorme coleção de arte irlandesa e europeia, com alguns trabalhos de pintores famosos da Itália, Espanha e Alemanha.

Logo vizinho à Galeria Nacional da Irlanda, você encontra o Museu de História Natural, que tem uma coleção de mais de 10000 ítens, entre eles alguns exemplos de esqueletos de animais encontrados apenas na Irlanda.

Ambos os museus oferecem entrada grátis, não deixe de visitá-los.

 

Trinity College

Trinity College é a principal universidade da Irlanda, e foi criada no século XIV pela Rainha Elizabeth I, da Inglaterra, quando o país ainda era dominado pelos ingleses.

Com um campus enorme, repleto de belos prédios que tem sua arquitetura inspirada nas instalações das universidades de Oxford e Cambridge, Trinity College fica bem no centro de Dublin, próximo do antigo Parlamento da Irlanda.

Alguns dos destaques do campus são a biblioteca (atração conhecida como Book of Kells, sua mais famosa obra religiosa, do ano 800 ), que é a maior e mais importante biblioteca da Irlanda, e também Parliament Square, a enorme praça no centro da universidade, onde você pode ver vários prédios importantes, como a Campanille, a linda torre que abriga o sino da capela.

Se tiver tempo, não deixe de sentar em um dos bancos posicionados de frente para o College Park, o principal parque da universidade, e aprecie a vista e o movimento de estudantes.

Christchurch Cathedral

A catedral de Christchurch é, sem dúvidas, um dos mais visitados pontos turísticos de Dublin. A bela catedral por muitos séculos pertenceu à igreja Católica, tendo passado para o comando da Igreja Anglicana durante o reinado de Henrique VIII, que cortou relações com a Igreja de Roma.

Christchurch é uma das estruturas mais impressionantes de Dublin, e passou por diversas renovações,tendo partes originais medievais e outras mais novas, do período vitoriano. A nave da igreja é impressionante, com lindos vitrais, mas uma das partes mais interessantes da visita é a cripta, que fica no subsolo. Lá você encontra o Tesouro da Catedral, com várias peças de ouro e prata, além de trajes originais usados no seriado Os Tudors, que retrata a vida na corte do rei Henrique VIII. Não deixe conferir!

O ingresso da catedral custa EUR 6,00 para adultos, e EUR 5,00 para idosos.

Temple Bar

Temple Bar é o bar mais famoso de Dublin, e empresta seu nome à uma parte inteira da cidade, localizada entre o rio Liffey e College Green, uma das principais avenidas do centro da cidade. Em Temple Bar você encontra uma infinidade de bares espetaculares, cada um com seu próprio estilo e decoração. Mas, além disso, você encontra também muita musicalidade, e muitos dos bares tem música irlandesa ao vivo todos os dias.

Aproveite para se perder pelas ruas de Temple bar e entrar em um dos bares mais famosos, a exemplo do St John Gogarty, que tem ótima comida, cerveja Guinness geladinha, e uma atmosfera maravilhosa, com equipe amigável e música ao vivo.

Em Temple Bar você encontra também o Museu do Rock and Roll Irlandes, que conta a história de diversas bandas irlandesas famosas, a exemplo do U2 e Snow Patrol.

Ha´penny Bridge (Ponte Hapenny)

A Hapenny é a ponte mais famosa de Dublin, e fica em Temple Bar. O nome vem da taxa que era cobrada para atravessar a ponte que era de meio (half) penny(centavo de libra).

Feita de ferro e exclusiva para pedestres, a ponte foi construída em 1816, e atrai milhares de turistas e locais por seu visual romântico. Não há lugar mais romântico em Dublin à noite, seja inverno ou verão, a vista do rio Liffey é sempre linda. Não deixe de conhecer este ponto turístico de Dublin.

Prefeitura de Dublin (Dublin City Hall)

Também pertinho de Temple Bar, o prédio da Prefeitura de Dublin é um dos mais belos da cidade. Com lindas colunas neo-clássicas e estátuas de cidadãos ilustres da cidade no melhor estilo romano, Dublin City Hall foi construído no século XVIII, e fica próximo do Castelo de Dublin.

Há uma exibição permanente sobre a história da cidade, no subsolo, que é grátis, e vale a pena uma visita! Você pode pegar o elevador ou descer as escadas próximas da recepção para chegar lá.

A partir de City Hall, siga para o próximo ponto turístico de Dublin na nossa lista, o Castelo de Dublin, que fica literalmente na rua de atrás.

Dublin Castle (Castelo de Dublin)

O Castelo de Dublin é uma das estruturas mais impressionantes de toda a cidade. Com uma história de quase mil anos, o castelo serviu como sede do governo colonial britânico até 1922, ano da independência irlandesa.

A torre de pedra maciça vista lá é única que restou de toda a fortificação medieval do século XIII, mas você poderá visitar a parte mais moderna do castelo, os Aposentos Reais, construídos no século XVIII.

A visita é muito interessante, e os aposentos são ricamente decorados, com salões elaborados, como a Sala do Trono, onde o monarca inglês costumava sentar durante audiências. Não deixe reparar nos quadros com pinturas de figuras importantes da monarquia inglesa, como a Rainha Vitória, tataravó da Rainha Elizabeth II.

Dica: ao terminar a sua visita, siga para o café do museu, e você encontrará uma passagem que leva para os jardins projetados, aos fundos, que oferecem uma vista fenomenal da torre medieval.

Você pode também embarcar nos famosos ônibus panorâmicos, deixando para trás preocupações com mapas e transporte público. E o melhor: ouvindo explicações em português! Clique aqui para obter mais informações.

LEIA MAIS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui