Poucas igrejas em existência são tão impressionantes quanto a Basílica da Sagrada Família, em Barcelona. Idealizada pelo famoso arquiteto catalão Antonio Gaudí, a igreja gótica de proporções helênicas vem encantando o mundo desde o início da sua construção, em 1882. O projeto é tão complexo que, pasme, não foi completado até hoje, e só será terminado em 2026! Tivemos a oportunidade de explorar o templo e seus arredores, e damos todas as dicas.


Se você acha que a Sagrada Família se trata de uma igreja como qualquer outra, prepare-se para ter uma surpresa. O prédio tem três fachadas diferentes, esculpidas em pedra, e cada uma representa uma parte da história de Cristo. O interior da basílica é algo até difícil de se descrever. O jogo de cores e luzes criado pelos vitrais coloridos, juntamente com as colunas enormes, de mais de 30 metros de altura, criam uma espécie de floresta de pedra (esta era exatamente a idéia de Gaudi, que é conhecido por incorporar elementos da natureza em seus projetos). Todos os aspectos da basílica têm um objetivo básico: impressionar os visitantes. Você certamente sairá de lá com torcicolo, pois é impossível não passar todo o tempo olhando para cima, se maravilhando com os detalhes espetaculares da arquitetura do lugar.

 

Como chegar na Sagrada Família de Barcelona

Se você está se perguntando como chegar na Sagrada Família, é bem fácil, e existem diversas formas de fazer isto. Há uma estação de metrô logo ao lado da basílica, que fica na linha L5, de cor azul. Por dez euros, você pode comprar um bilhete que dá direito a dez viagens de metrô, o que é barato, principalmente se comparado com outros lugares como Londres ou Paris.

Leia também:  Descubra a bela Ljubljana, capital da Eslovênia

Uma outra forma muito usada para chegar na Sagrada Família, principalmente por pessoas que têm pouco tempo em Barcelona, são os famosos ônibus panorâmicos, que cortam a cidade de norte a sul e leste a oeste, e ajudam a economizar bastante tempo, já que eles levam os turistas direto para as principais atrações, evitando perdas de tempo procurando lugares no mapa ou andando até eles. Oferecemos o passeio de ônibus panorâmico através de uma parceria com a Viator, uma das maiores operadoras de turismo do mundo. Clique aqui para conferir a página.

 

Como comprar ingressos para a Sagrada Família de Barcelona

 

Existem duas formas de comprar ingressos para a Sagrada Família, uma delas é na hora, na entrada do monumento, e a outra antecipadamente, pela Internet. Se você resolver deixar para comprar na hora, prepare-se, pois as filas são quilométricas, e no verão, são piores ainda. Sendo de longe a atração mais famosa de Barcelona, a basílica atrai milhares de turistas todos os dias, e deixar para comprar o ingresso na hora pode levar de uma a duas horas. Há também a opção de adquirir o guia de áudio, que é bastante útil, e torna a visita mais interessante, já que você pode ir ouvindo os comentários gravados sobre a história do lugar enquanto passeia por lá.

Uma outra forma de comprar entradas para a Sagrada Família é através de operadoras que vendem os chamados ingressos “fura-fila”. Quando comprados antecipadamente, esses ingressos dão acesso direto, o que pode ser valioso se você tem pouco tempo na cidade ou não gosta de perder tempo em filas! A Viator, nossa parceira, oferece os ingressos, que podem ser comprados facilmente online. Confira a página clicando aqui. Há também uma excursão guiada privada da cidade, disponível em português, que inclui uma visita à Sagrada Família. Para obter mais informações, clique aqui.

Leia também:  Os melhores passeios e pontos turísticos de Amsterdam

 

 

O que ver na Sagrada Família de Barcelona

O interior do prédio não é tão vasto quanto parece ser, principalmente quando levamos em conta o tamanho da parte de fora. As três fachadas diferentes da basílica são as partes mais notáveis, já que cada uma tem um nome distinto, e representa uma fase diferente da vida de Cristo. Elas são: a Glória de Cristo, a Paixão de Cristo e o Renascimento. A fachada mais antiga é a que retrata o nascimento de Cristo, e é a única parte da igreja que ficou pronta enquanto Gaudi, o seu criador, ainda estava vivo. Uma vez fora da Sagrada Família, procure os Jardins de Gaudi, um parque que fica próximo da basílica, e que oferece uma ótima visão do prédio, que é complementada por árvores e um belo lago.

Outros pontos que você não pode deixar conferir são a cripta e o museu, que ficam localizados abaixo do altar principal, acessíveis por uma escada do lado de fora. O corpo de Gaudí está enterrado nesta cripta, que pode ser vista através de janelas na parede do museu. Além disto, no lá você poderá aprender mais sobre a história do prédio e de seu criador, bem como ver peças usadas na sua construção, como maquetes gigantescas, ferramentas e souvenires das visitas de convidados importantes, como o Papa Bento XVI.

 

 

Para reservar os passeios mencionados neste artigo e muitas outras atividades em Barcelona, clique aqui.