Ano após ano, a Croácia tem se tornado um dos principais destinos de verão de toda a Europa, tanto pelo seu belíssimo litoral quanto pelos preços atraentes, uma verdadeira pechincha quando comparados a lugares como Ibiza, por exemplo. Tivemos a oportunidade de viajar pela costa da Dalmácia e iremos publicar uma série de artigos com dicas sobre os melhores lugares para visitar e se divertir. Daremos início à série  com a pitoresca cidade de Zadar.

Com uma localização privilegiada na costa do mar Adriático, a cidade de Zadar funciona como base para vários turistas, tanto pelas praias nos seus arredores (algumas delas consideradas as mais belas do país) quanto pela facilidade de acesso, já que o aeroporto tem voos para as principais capitais europeias.

As principais atrações de Zadar estão concentradas em uma só área, no pequeno centro histórico,localizado numa península que faz parte da área metropolitana. A principal entrada para a Cidade Antiga é alcançada através de uma ponte, que  dá acesso a uma imensa porta de entrada, o Lion Gate, que faz parte da muralha da antiga cidade medieval, ainda visível hoje em dia.

A parte antiga de Zadar é facilmente explorável a pé, e suas ruas mal comportam carros. Nós visitamos o centro no meio da tarde, o que acabou sendo uma ótima ideia, já que tivemos tempo de explorar as belíssimas vielas de Zadar enquanto ainda havia luz do dia, o que nos deu a oportunidade de aproveitar depois o pôr-do-sol (que é imperdível), e, à noite, conhecer um dos bares mais legais de toda a região, o The Garden.

Durante a passagem pela Croácia, você perceberá as marcas da presença da Roma Antiga no país, através das belíssimas ruínas espalhadas pelas cidades, e em Zadar não é diferente. Outro detalhe muito  especial são as pedras usadas no pavimento das ruas, semelhante ao mármore, e que fazem com que o chão da cidade brilhe durante o dia e à noite também.

Ao entrar pelo portão principal e seguir pela rua que leva ao centro da península, você encontrará uma enorme torre do século XVIII em estilo veneziano, próxima das ruínas romanas do que um dia foi o fórum da cidade. Nesta área existem diversos restaurantes e cafés, como o Caffe Bar Forum, que tem mesas ao ar livre e localização perfeita para quem quer apreciar a beleza histórica de Zadar. Uma cerveja ou um cappuccino custam em torno de 14 kuna (a moeda croata), que correspondem a R$ 4,30, e uma vodka ou whisky em torno de 20 kuna (R$ 6,14).

Leia também:  Pontos Turísticos de Toledo - Como visitar a bela cidade medieval

Se você vai viajar de ferry pela Croácia ou para a Itália, Grécia ou outros lugares, não deixe de conferir o site da Direct Ferries, que é em português, e trabalha com todas as operadoras da Europa.

Se for precisar de um transfer ao chegar a Zadar, ou ao seu primeiro destino na Europa, uma ótima forma de reservar, com os melhores preços, é através do Rideways (em português), que você pode conferir clicando aqui. Neste site, dá para fazer cotação instantânea de transfers e taxis em todos os países da Europa, incluíndo aeroportos, estações de trem e qualquer roteiro, tanto dentro das cidades quanto para outras localidades.

Onde ficar em Zadar

Nós nos hospedamos em um hotel fora do centro histórico, já que estávamos de carro e pretendíamos explorar toda a costa e as diversas praias nos arredores de Zadar. O hotel mais parecia uma pousada, já que era uma casa enorme convertida em hotel, com apartamentos separados com cozinha, mas tudo muito moderno e com uma piscina maravilhosa. O nosso apartamento tinha dois quartos e uma cozinha completa, além de uma máquina de lavar. Um lugar perfeito onde ficar em Zadar para um grupo de pelo menos três ou quatro pessoas! Para pesquisar preços ou conferir fotos da Villa Vanilla, clique aqui. Se você procura onde ficar em Zadar mais perto do centro histórico, confira a página do Tinel Superior, clicando aqui.

O clima na cidade é super animado e os cafés e bares ficam geralmente lotados, tanto de turistas quanto de locais. Após tomar mais alguns drinks e apreciar a paisagem e o clima vibrante do centro, nós seguimos até o mais novo monumento de Zadar, o ponto turístico conhecido como “Saudação ao Sol” ou “Greeting to the Sun”, em inglês.

Neste ponto da ilha é possível assistir a um dos pores do sol mais lindos de toda a Europa, e até mesmo do mundo, como o legendário diretor Alfred Hitchcock afirmou quando passou pela cidade. Durante o espetáculo, um silêncio contemplador toma conta das pessoas e tudo que se pode ouvir é o barulho das ondas e o som tocado pelo “Órgão do Mar” ou “Sea Organ”, um instrumento musical ativado pelo movimento das ondas, que nem sempre toca no ritmo, mas demonstra o respeito que os croatas têm pela harmonia entre o sol e o mar.

Leia também:  Visitando a Sagrada Família de Barcelona
Como chegar a Zadar

Zadar é facilmente acessível de carro, ônibus ou avião. A viagem de carro entre ela e Zagreb (a capital), por exemplo, leva apenas três horas e entre Budapeste e Zadar,  cinco horas. Viajamos de carro saindo de Ljubljana, na Eslovênia, durante o final de semana e pagamos pedágio (60 kuna) só ao usar a M7, que é a estrada principal. Dirigimos até Rijeka, na costa norte da Croácia e descemos pela estrada costal até Zadar. O trajeto inteiro é belíssimo e o melhor, não existe pedágio!  É possível chegar de uma cidade à outra apenas seguindo a ótima sinalização, mas, se puder, não dispense o GPS, que realmente facilita a navegação e evita perdas de tempo desnecessárias. O trajeto de Rijeka para Zadar levou em torno de 4 horas.

Alugamos o nosso carro por sete dias por um bom preço através da RentalCars, e retiramos e devolvemos o veículo na capital, Zagreb. Clique aqui para conferir o site da RentalCars e pesquisar preços, ou use o buscador de carros no lado direito da tela.

Se for viajar de trem pela Croácia, não deixe de conferir o site da Rail Europe, clicando aqui.

A viagem de ônibus entre Zagreb e Zadar dura três horas e meia e é o método mais barato. Infelizmente, não é possível comprar passagens online e você terá que efetuar a compra ao chegar na rodoviária. Custo: 40 kuna (R$16,00).

 

O que fazer em Zadar à noite

Depois de assistir ao pôr-do-sol, seguimos para o Komoba Martinac (Endereço: Aleksandra Paravije, No. 7), um dos melhores restaurantes da cidade velha, a poucos minutos de caminhada do Greeting to the Sun. O Komoba Martinac fica numa viela um pouco escondida, por isso, preste bem atenção ao mapa e às placas que indicam a entrada do restaurante para não se perder. O ambiente é muito agradável e tem uma área exterior, perfeita para as noites quentes de verão. O jantar para quatro com vinho e sobremesa saiu por 567 kuna (em torno de R$177,00).

Leia também:  Pontos turísticos de Verona na Itália - Dicas da bela cidade

Se ao olhar os menus dos restaurantes croatas você se perguntar por que o preço do peixe é bem mais alto que o de outros pratos, não pense que há algo de errado. Os valores apresentados são geralmente para um quilo de peixe – quantidade suficiente para até quatro pessoas.

Graças à invasão europeia – principalmente inglesa – de Zadar, a cidade tem dois points que você não pode deixar de conferir. Um deles é o Garden Bar, inaugurado por uma turma de Londres que se empolgou com o sucesso do Garden Festival, que acontece todos os anos na vila de Petrcane, a apenas 10 minutos de carro de Zadar.

O Garden é um bar super gostoso, com decks de madeira, colchões e almofadas, onde você pode relaxar sob as estrelas no verão. Nas noites mais movimentadas, a música é bastante alta e o pessoal se anima para dançar. Definitivamente, o lugar mais estiloso da cidade, onde o pessoal jovem e bonito se reúne para curtir boa música e os deliciosos coquetéis servidos por lá.

Se puder, visite o Garden Bar também durante o dia, quando o clima é mais tranquilo. Perfeito para banhos de sol, jogos de mesa e também para relaxar enquanto assiste à procissão dos barcos no mar.

Outro programa interessante para fazer à noite é subir a torre da igreja para apreciar a vista que se tem de Zadar lá de cima. O ingresso custa apenas 10 kuna (R$3,00) e você poderá aprender um pouco mais sobre a história da estrutura e ver o interior da torre, que foi construída em 1800. Uma das melhores atrações de Zadar.


Outro “point” da cidade é a Barbarellas, uma boate em forma de concha que fica no Hotel Pinija, logo atrás do Garden. A boate foi construída nos anos 70, e é um dos lugares preferidos de quem gosta de dançar e beber muito, já que as noites lá costumam ser bastante animadas.

LEIA MAIS:




2 COMENTÁRIOS

  1. Oi! Voces tem algum link para ir de Zadar até Split? Meu voo chega em Zadar, mas meu destino é mesmo Split! Obrigada

Comments are closed.