O guia da Europa em português

Os melhores passeios e pontos turísticos de Milão

Os melhores passeios e pontos turísticos de Milão

Diz-se, na Europa, que Milão não é tão bela ou interessante quanto outras cidades da Itália… Balela! A capital financeira do país impressiona, e tem muito mais do que apenas a sua famosa catedral. Como diz um ditado italiano, “Roma é a mulher experiente que tem belezas e dons mais óbvios, e Milão é a jovem tímida, com belezas que são descobertas com calma e tempo.” Por isso, se você quiser realmente conhecer as belezas de Milão, deverá saber desbravá-la. Confira nossas dicas, fotos, e saiba quais são as melhores atrações e pontos turísticos de Milão.

 

Algumas informações úteis para sua visita:

- As principais atrações turísticas de Milão estão espalhadas por toda a cidade. Por isso, faz sentido comprar um cartão para usar o metrô, que é bastante moderno, bem sinalizado e fácil de navegar. Um ticket para um dia de viagens ilimitadas, custa apenas €4,50, e para dois dias, €5,50. Estes cartões podem ser comprados facilmente, em qualquer estação de metrô, usando dinheiro ou cartões de crédito ou débito, em uma das máquinas disponíveis em várias línguas (português, infelizmente, não é uma delas).

- Uma outra forma de explorar a cidade, é a bordo dos famosos ônibus panorâmicos. O passeio é narrado em português, e passa por todos os pontos turísticos da cidade, permitindo que você desça e suba quantas vezes quiser. A excursão é oferecida através da nossa parceria com a Viator, uma das maiores operadoras de turismo do mundo. Clique aqui para visitar o site.

- Como ir dos aeroportos de Milão ao Centro da Cidade: Milão tem dois aeroportos e o principal deles é Milano Malpensa, que fica a 45 minutos de trem do centro. Taxis são caros (em torno de EUR 80,00) mas existem opções mais baratas e igualmente cômodas, como o trem expresso, que custa apenas 7 euros por trecho. O Malpensa Express parte todas as horas e tem como destinos principais as estações Milano Centrale e Milano Cadorna. Os trens partem apenas do Terminal 1 do aeroporto, e você pode adquirir as passagens facilmente nos guichês ou através das máquinas da Trenitalia, disponíveis antes da descida para as plataformas do trem (ver fotos).

 

 

- Linate, o segundo aeroporto mais importante da cidade, fica a apenas 7 km de distância do centro, mas sempre sai mais caro voar para lá. Não há trens indo deste aeroporto para o centro, apenas ônibus ou taxis.

- Se você está pensando em alugar um carro durante sua visita a Itália, não deixe de conferir as ofertas da RentalCars, nossa parceira. Clique aqui para pesquisar preços.

- Uma das melhores áreas onde se hospedar em Milão é nas proximidades da Stazione Centrale, a principal estação de trem da cidade. Além de estar interligada com o metrô, a estação também tem ótimas conexões para os aeroportos, e lá os hotéis são um pouco mais baratos, a exemplo do Hotel Bagliori. Você pode conferir este e outros hotéis clicando aqui.

 

Agora vamos aos melhores passeios e pontos turísticos de Milão

 

Parque Sempione

O maior parque do centro de Milão é lindo, e cheio de atrações. A melhor forma de conhecer este ponto turístico de Milão, é dando uma volta completa nos seus arredores. Você irá se deparar com monumentos como a Torre Branca e o Castelo Sforzesco, sobre os quais falaremos com mais detalhes a seguir.

Dentro do Parque Sempione, ficam também a Biblioteca Municipal de Milão e o Museu do Design da cidade. Próximo de lá, há um lago, que tem uma ponte romântica, perfeita para fotos. Sem dúvidas, uma das melhores atrações turísticas de Milão.

 

 

Castelo Sforzesco

O Castelo Sforzesco é uma estrutura impressionante, possivelmente o mais interessante ponto turístico de Milão depois do Duomo. O castelo foi erguido para para proteger a família que dominava o ducado de Milão naquela época, quando o castelo era um dos maiores da Europa! Não deixe de dar uma volta completa ao redor e conferir toda a grandeza do Sforzesco antes de entrar. Existem três pórticos, e a entrada principal tem uma fonte enorme, perfeita para se refrescar nos dias de calor.

A entrada do castelo é grátis, e dá para conhecer o pátio interior sem pagar nada. Se você quiser visitar os diversos museus que ficam lá dentro (alguns abrigando as mais importantes coleções de arte de Milão), terá que pagar a entrada de apenas 3 euros. Se puder, não deixe de visitar o castelo à noite. A iluminação, independente da época do ano, é realmente especial.

 

 

Torre Branca

Esta estrutura metálica de 102 metros foi construída nos anos 30, e oferece um panorama de 360 graus da cidade. Em dias de bom tempo, é possível ver os limites da cidade, e vários pontos turísticos de Milão. Não deixe de bater papo com o simpaticíssimo Daniel, o responsável pela estrutura (que inclusive já visitou o Brasil várias vezes). O passeio custa apenas 4 euros, e dura em torno de 30 minutos. Aos pés da torre, fica nada menos que a boate que pertence ao badalado estilista Roberto Cavalli!

 

 

Porta Sempione

A Porta Sempione tem um dos arcos mais belos de toda a Itália, o Arco da Paz (Arco della Pace), que funciona como “porta de entrada” para o Parco Sempione. A estrutura é feita de diversos materiais, entre eles mármore, bronze e madeira, e é de uma riqueza de detalhes impressionante. O lugar onde o Arco da Paz se encontra marca o início da antiga Strada del Sempione, uma estrada antiga, que ligava Milão à Paris.

 

 

Duomo

O Duomo pode ser considerado o coração de Milão. Além de demarcar o centro absoluto da cidade, é em volta desta belíssima igreja que tudo acontece. Nas imediações do templo, ficam vários restaurantes, bares e lojas, além da famosíssima Galleria Vittorio Emanuelle, sobre a qual iremos falar com mais detalhes mais a seguir.

O Duomo de Milano é a catedral da cidade, e a maior catedral da Itália! As dimensões desta igreja gótica são impressionantes, assim como a sua cor, já que a fachada é quase toda feita de mármore branco.

O teto da catedral é famoso pelos seus terraços, de onde se tem vistas magníficas de Milão, e pode-se ver mais de perto os detalhes do topo da construção. O preço do ingresso, subindo de elevador, é de €8,00, e pelas escadas, €5,00.

Oferecemos em parceria com a Viator uma excursão de meio dia, com guia em português, que inclui visitas ao Duomo à obra prima de Da Vinci, “A Última Ceia”, com todos os ingressos. Clique aqui para obter mais informações.

 

 

Galleria Vittorio Emanuelle

A Galleria Vittorio Emanuelle é um deleite para os olhos. Construída em 1865, ela complementa a paisagem do Duomo e é um dos pontos mais movimentados do centro de Milão. Lá dentro, você encontrará diversas lojas italianas de fama mundial, além de restaurantes e uma arquitetura de tirar o fôlego! É lá que os turistas e os milaneses abastados vão para ver e serem vistos. Os preços das lojas da galeria são bastante salgados, bem como o preço dos restaurantes que ficam localizados lá dentro, mas, se o seu orçamento permitir, não deixe de sentar em um dos cafés ou restaurantes e absorver toda a classe do lugar. Não esqueça de prestar atenção aos mosaicos que decoram o teto, além de belíssimos, eles tem um significado, e representam os continentes Ásia, África, Europa e América. A Galleria Vittorio Emanuelle dá um show à parte de noite, quando totalmente iluminada.

 

 

Igreja de San Ambrogio

Esta igreja é uma das principais atrações turísticas de Milão, e, sem dúvida nenhuma, deve estar no seu roteiro. A Igreja de San Ambrogio data do ano 800 e é de uma das mais belas estruturas antigas da cidade. Se você já visitou igrejas de outras regiões da Itália, irá perceber que o estilo da maioria das igrejas de Milão é bastante diferente das de outras partes do país . A igreja de San Ambrogio tem um aspecto rústico, bem menos elaborado do que os das igrejas encontradas em Veneza e Roma, devido aos seus tijolos laranjas aparentes e suas colunas romanas. O pátio tem colunas de pedra que se unem com o resto da estrutura e causam um efeito bastante interessante. É possível visitar o interior da igreja, sem pagar nada. A parte interna de San Ambrogio também é adornada com colunas de pedra que formam arcos e que se unem com o teto do templo.

 

 

Basílica de San Lorenzo Maggiore

Próxima da Igreja de San Ambrogio, a área em volta desta que é uma das melhores atrações turísticas de Milão, é repleta de bares e lugares legais para comer. A belíssima Basílica de San Lorenzo Maggiore domina a paisagem da área e foi renovada no século XVI, embora alguns registros afirmem que a construção da primeira igreja naquela lugar tenha sido iniciada por volta do ano de 370. A basílica é adornada por uma fileira de colunas romanas originais, que formam uma vista espetacular em combinação com a estrutura.

Não deixe de sentar lá e apreciar a paisagem e as beldades que circulam pela área, já que ela parece ser popular entre os jovens e os fashionistas de plantão.

 

 

Parco delle Basiliche

Atravessando o pórtico localizado no Corso di Porta Ticinese, chega-se ao Parco delle Basiliche, que é considerado um dos principais pontos turísticos de Milão. O parque foi batizado assim por causa das igrejas em sua proximidade, San Lorenzo, mencionada acima, e Sant Eustorgio, a igreja mais antiga de Milão, construída no século IV, e a maior atração turística da área. O parque em si não é muito interessante em termos de belezas naturais, por isso mesmo a igreja de Sant Eustorgio é considerada a sua atração principal, bem como os bares, restaurantes e lojas transadas da área.

A história da igreja é bastante interessante, e, segundo a lenda, o lugar onde ela foi construída foi escolhido porque os animais que carregavam as carroças com os restos mortais dos Três Reis Magos, trazidos de Constantinopla por São Eustórgio, empacaram ali e não se moveram mais. Após séculos sendo guardadas na mesma igreja, as relíquias foram levadas pelo Imperador Romano Frederico Barbarossa para Colônia, na Alemanha, onde estão até hoje.

 

 

Navigli

Um verdadeiro segredo bem guardado dos milaneses, a área de Navigli é um lugar repleto de bares e restaurantes legais, localizada às margens de um dos canais mais famosos de Milão, Navigli. Os prédios charmosos da área, combinados com o belo canal e as mesas dos bares nas calçadas, formam uma paisagem super especial, seja de dia ou de noite, além de criar um clima único.

Milão é famosa por um costume típico de lá, o “aperitivo”, um tipo de happy hour onde todos se encontram para tomar um drink e provar alguns pratos deliciosos. Navigli é o melhor lugar onde experimentar este costume, tudo num clima descontraído e cheio de estilo. O melhor de tudo é que você só tem que comprar um coquetel ou uma bebida, geralmente por um preço de 8 a 10 euros, e comer o quanto quiser! São os mais variados petiscos servidos numa mesa em estilo buffet, da qual você pode se servir, quantas vezes quiser. Nada mal!

 

 

Cavallo di Leonardo da Vinci

O Cavalo de Leonardo da Vinci foi uma escultura criada pelo gênio italiano a pedido do Duque de Milão e que nunca foi terminada. Apenas o modelo de argila foi completado enquanto o mestre ainda estava vivo, e o seu original foi destruído por soldados durante a invasão francesa de Milão. A estátua vista hoje na cidade é uma criação do século XX, feita com base nos desenhos de cavalos deixados por Leonardo.

Esta atração turística de Milão encontra-se no hipódromo da cidade, que fica bastante distante do centro, mas é facilmente alcançável de metrô. Não há muito o que se ver na área – a não ser o cavalo – e a caminhada da estação de metrô até a entrada do hipódromo é bastante longa. A não ser que você seja um(a) fã do trabalho do grande gênio, provavelmente sairá de lá achando que a jornada longa não valeu a pena!

 

 

Não deixe de conferir os nossos artigos sobre como viajar de trem de outras capitais da Europa para Milão.

 


Se você está programando uma viagem a Milão e tem interesse em reservar passeios na cidade (incluindo lugares nos seus arredores, como os lagos Como e Lugano), entre em contato agora mesmo pelo telefone (11) 3230 7359 ou clique aqui para conversar ao vivo e desfrute do nosso atendimento personalizado grátis.

Não tem tempo agora? Envie os seus dados utilizando o formulário abaixo e entraremos em contato com você.

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Cidade(s) de interesse

Data da sua viagem

Horário preferido (Manhã, tarde ou noite)

Número de passageiros

Mensagem (Para receber uma resposta por telefone, inclua o seu número)

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Comments

comments

comentários

  1. Anônimo /

    Adorei! Muito bom mesmo! Irei viajar para Itália nesse meio de ano, e estava precisando de umas dicas… Nesse site pude achar tudo isso. Claro, organizado e completo… Tem sido raro encontrar sites assim… rsrsrs

Deixe um comentário

 
Pinterest